Diretor-presidente do Instituto Ethos analisa os programas de governo frente a agenda do meio ambiente

17/10/2018

Apesar do Brasil ser signatário de importantes acordos internacionais alterações significativas podem acontecer a depender de quem for eleito

O Brasil é signatário de importantes acordos internacionais relacionados à proteção do meio ambiente, mas qual o papel das empresas e os impactos que esta agenda pode sofrer com o novo presidente? Estes foram os pontos observados por Caio Magri, diretor-presidente do Instituto Ethos durante a participação na Coluna Radar Responsabilidade Social, na Rádio Jornal de Pernambuco.

Na conversa, Magri observou sobre como seria importante que debates fossem realizados para que os candidatos pudessem expor as propostas para o meio ambiente, mas ainda assim fez uma análise quanto aos programas de governo dos presidenciáveis.

Ouça aqui o áudio da Coluna.